Login

publi1

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6

×

Observação

The was a problem converting the source image.
There was a problem rendering your image gallery. Please make sure that the folder you are using in the Simple Image Gallery plugin tags exists and contains valid image files. The plugin could not locate the folder: images/artigos\educacao

Warning: getimagesize(/home/storage/0/f3/4b/abema1/public_html/images/artigos\educacao/1.jpg): failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/0/f3/4b/abema1/public_html/plugins/content/jw_sig/jw_sig/includes/helper.php on line 95

Escola Comunitária Nova Geração esta fundamentado  os quatro Pilares intitulado “Educação: um tesouro a descobrir”, a saber:

Aprender a Conhecer – pretende que cada um aprenda a compreender o mundo em que vive para viver dignamente, desenvolver as suas capacidades profissionais e para se comunicar.
Aprender a Fazer – Tanto o primeiro Pilar (“Aprender a conhecer”) como este segundo são intimamente ligados. Contudo, o Pilar “Aprender a fazer” está mais associado à formação profissional levando à reflexão de “como ensinar o aluno a pôr em pratica os seus conhecimentos e, também, como adaptar a educação ao trabalho futuro quando não se pode prever qual será a sua evolução?”.
Aprender a Viver – Este Pilar traz um dos maiores desafios para os educadores, que é ensinar a viver com os outros, uma vez que atua no campo das atitudes e valores, incluindo o preconceito, os conflitos e rivalidades individuais ou da Sociedade. A Comissão por meio deste Pilar aposta na educação como veículo da paz, da tolerância e da compreensão.
Aprender a Ser – Este Pilar afirma que “a educação deve contribuir para o desenvolvimento total da pessoa – espírito e corpo, inteligência, sensibilidade, sentido estético, responsabilidade pessoal, espiritualidade. Todo ser humano deve ser preparado, especialmente graças à educação que recebe na juventude, para elaborar pensamentos autônomos e críticos e para formular os seus próprios juízos de valor, de modo a poder decidir, por si mesmo, como agir nas diferentes circunstâncias da vida”. Todos os assuntos supracitados convergem para uma única palavra: DIÁLOGO, cujo objetivo maior é contribuir para a prática de ensino docente e consequentemente para o ensino (Figura 3). Assim, para Freire, o diálogo é a mola mestre da educação. Segundo ele: O diálogo é a confirmação conjunta do professor e dos alunos no ato comum de conhecer e reconhecer o objeto de estudo. Então, em vez de transferir o conhecimento estatisticamente, como se fosse fixa do professor, o diálogo requer uma  proximação dinâmica na direção do objeto (Paulo Freire, 1986).

 

Fotos da escola:

{gallery}artigos\educacao{/gallery}

 

Últimas notícias


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0